quinta-feira, 11 de junho de 2009

Quero me desculpar pela ausência de meses, muitas coisas aconteceram desde fevereiro, e não me permitiram estar aqui e na internet, tanto quanto eu gostaria. Estou em falta com muitas amigas, devendo respostas a emails e comentários postados no blog. Ainda estes dias, estarei lendo todos e me colocando em dia.

Estou postando hoje, algumas caixinhas multi uso que consegui produzir esse mês, é um grande alívio saber que ainda temos capacidade de executar as coisas que mais amamos fazer.

Espero que gostem do resultado.Muito obrigada pela visita, pelo carinho e por não desistirem de mim. Um beijo imenso a todas .

















segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Outros artesanatos

Atendento a um pedido de alguém especial, e por um ótimo motivo. Espero que tenha atendido às necessidades.















segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Alguns mimos para minha filha.

Já ouviram um antigo ditado: "Em casa de ferreiro o espeto é de pau"? Pois é isso é verdadeiro. Estava devendo a tempos, então fiz esse colar cerejinha e o sachê de coração pra minha filha. É certo que muitos outros pedidos dela ficaram pra depois, mas....já é um bom começo, num próximo tempinho vago, o que é rarissímo, coloco mais algumas coisinhas em dia.



Minha Menina

Incrível como o tempo passa, e não nos damos conta!!! Minha princesa, 9 anos e meio.

Vintage - Pequenas coisas antiguinhas que amo de paixão.

Esse broche pertenceu a minha mãe, imagino deva ter em torno de 60 anos, em prata,e com pintura feita a mão na parte interna. Ampliando a foto, dá pra ver que o brilho foi conseguido com asas de algum inseto, as vezes tenho medo imaginar que inseto poderia ser? Desconsiderando esse mistério, acho lindo esse broche, sempre me encantou desde menina.
Esse par de luvas, são lindos, feitos a mão, não me lembro mais o nome dessa técnica, essas luvas especialmente, não foram feitas por minha mãe, mas me lembro dela tecendo toalhinhas para toucador com esta técnica, oportunamente vou postar fotos dessas toalhinhas, e ver se encontro o material que ela usava para tecer. Se alguem souber o nome desse trabalho, por favor, faça um comentário aqui e me informe, assim posso acrescentar essa informação. Trabalho tão lindo, tomara que não tenha se perdido no tempo.
Gráfico antigo, datado de 05.09.1946, com alfabeto em ponto cheio. Tempos românticos, que não voltam mais, pelo menos não dessa forma. Saudades.

Os modelitos de roupas, inclusive com indicação dos tecidos que deveriam ser usados, isso também em 1946 aqui em São Paulo - Brasil. Elegncia, requinte e feminilidade a toda prova.
Antigo cartão postal da Cidade de São Paulo na década de 40. Bons tempos.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Você sabe que tipo de temperamento tem? E como encontrar equilíbrio nesse sentido para viver melhor? Então leia….

2993295064_4b15beafc4_o Ontem estava refletindo sobre o que é melancolia, e me dei conta que não tinha uma exata noção sobre o que é ser ou sentir-se melancólico, e resolvi pesquisar para reforçar ou corrigir a concepção que tinha a esse respeito. Encontrei informações interessantes, que desconhecia acerca deste assunto, e achei legal postar aqui, por achar que quanto melhor nos conhecermos, melhor vai ser nosso desempenho diante da vida e dos inúmeros obstáculos que encontramos pelo caminho.

Chopin era um melancólico, Wagner e Mozart eram sanguíneos e Napoleão era colérico. A seguinte história, que ilustra perfeitamente as reações dos temperamentos, foi retirada do livro "A educação Waldorf", de H. V. Kugelgen.


"Num caminho, quatro pessoas chegam sucessivamente a um obstáculo, uma grande pedra caiu e obstruiu a passagem. O sanguíneo vem cantando; ao ver a pedra, brinca sobre ela e alegremente continua a viagem. Pouco depois, vem o fleumático; chega ao local, pára um largo tempo; finalmente, encontra um desvio que lhe permite dar volta ao obstáculo e, vagarosamente, continua seu caminho. A seguir, chega o terceiro, o melancólico: "Claro, estas coisas só acontecem a mim!". Permanece muito tempo sentado sobre a pedra, refletindo até o ponto de esquadrinhar como o infortúnio chegou ao mundo e por que esse infortúnio sempre há de lançar obstáculos precisamente nos caminhos que ele utiliza. Levanta-se e volta para casa. Finalmente, aproxima-se o colérico, com passo decidido; vê a pedra, detém-se por um segundo e logo a empurra com disposição, até que consegue tirá-la do caminho. Continua sua marcha, não deixando de voltar-se algumas vezes para contemplar com satisfação seu êxito"!.

Para entender como equilibrar qualquer tipo de temperamento, ou pelo menos tentar (o que não é fácil) e ter mais qualidade de vida clique no link abaixo, muito interessante também para quem tem filhos em idade escolar.

http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=9105&cat=Artigos&vinda=S

Um grande abraço. bugs_atack_ataque_das_joaninhas

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Conjunto Pink - Cris.

Barrinha MaynaBaby

Conjunto de porta bijuteria, calço de porta e porta anel. Feito para Cris.
Posted by Picasa

Barrinha MaynaBaby